k1veiculos@hotmail.com

ampliar

A nova geração da Honda CB 1000R faz uma releitura das antigas cafe racer, porém com um moderno pacote eletrônico e um potente conjunto mecânico, derivado da superesportiva CBR 1000 RR. O motor de quatro cilindros em linha, de 998 cm³, atinge 145 cv de potência a 10.500rpm) e 10 kgf.m de torque (8.250rpm). Agora o acelerador eletrônico está associado a um gerenciamento de motor, que conta com quatro modos de pilotagem. O quadro também é novo e está conectado às suspensões Showa – ambas ajustáveis – e freios com dois grandes discos flutuantes de 310mm mordido por pinças de fixação radial.

Com tanque de combustível para 16,2 litros, a Honda informa que a sua Cafe Racer, ou melhor, a Neo Sports Cafe, tem consumo médio de 17 km/litro, a que dá à moto uma autonomia de pouco mais de 270 quilômetros. Pouco, mas a montadora rebate afirmando que a CB 1000R não é uma touring, mas sim uma moto para desfilar.